Digimon X Adventures
Gosta de Digimon? Então não perca tempo e se cadastre aqui agora mesmo! E se já for cadastrado, logue e continue sua aventura! Mas antes lembre-se de ler as regras e os tutoriais.
Digimon X Adventures

Cadastre-se e entre nesse mundo digital cheio de aventuras e claro: Digimons!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Digimon X Adventures » Versão anterior » RPG » RPG » Central de Treinamentos » Treinos em Grupo » [Treinos] Darks

[Treinos] Darks

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Treinos] Darks em Qui Out 16, 2014 2:23 pm

Participantes: Dark Hunter(Impmon), Dark Tiger(Dracmon) e Drake Dark Ghost(DemiDevimon).

Ordem de postagem:
1º - Dark Hunter
2º - Drake D. Ghost
3º - Dark Tiger.

Ver perfil do usuário http://digimonxadventures.forumeiros.com

2 Re: [Treinos] Darks em Dom Out 19, 2014 4:58 pm


9º Treino - Batalha em trio


Horas depois de Impmon se juntar à nós, explorávamos cada vez mais o tal Digimundo, já que uma saída de tal mundo, ou dimensão, era improvável. Nesse caso, involuntariamente a caminhada havia por acabar numa outra floresta, coisa que estava se tornando enjoativa. No entanto, tinha uma diferença notável na mata, que era o fato dela parecer estar no outono, com folhas alaranjadas e secas, galhos finos e moídos e raízes na superfície, dando um aspecto de morte às árvores, além várias árvores cortadas espalhadas na trilha, dificultando a nossa passagem.

Continuávamos a caminhar pela longa trilha, desviando dos troncos de árvores espalhados por esta mesma, como disse anteriormente, sendo observados por diversos digimons, um mais estranho que o outro. Observados, não, encarados por eles. Parecia que eram territoriais e, assim, estávamos invadindo seu território, o que era bem verdade. Preferi não devolver os olhares de rabo de olho e as encaradas, até porque o momento pedia algo como aquilo, pois logo depois tropecei em um dos troncos e quase caí. Ouvi alguns risos, principalmente vindo de Impmon e WereGarurumon, além do meu, e algumas gargalhadas vindas das sombras das laterais da floresta, provavelmente dos digimons que nos encaravam.

Emendei uma leve corrida, ridiculamente, e voltei a caminhar, rindo do próprio ato, balançando a cabeça de um lado para o outro. Em seguida, começamos a caminhar mais rápido, pois avistara um outro local mais a frente, desconhecido até então. Minha visão era dificultada por uma grande névoa que se formara em torno do local: tinha algo de errado ali. E, como nós gostamos de aventuras e de arriscar nossas vidas pelo mínimo em troca, só para sentir o gostinho da vitória(Só que não), entramos onde a névoa estava mais forte(Pode até não ser a escolha mais inteligente a se tomar, mas fazer o que, né?).

Cansado de caminhar sem ver nada, Impmon utilizara de seu Summon e, com isto, invocara dois espíritos, um fogo e um do gelo, e juntara ambos, formando uma grande bola de fogo e de gelo e lançando-a contra o vácuo, ou, pelo menos, algo que não víamos, iluminando parcialmente o caminho. Entretanto, a grande esfera atingia algo no meio de seu trajeto, explodindo-o e expelindo a névoa que envolvia-nos. A fumaça entrara, então, em seu lugar e, junto dela, um grito de raiva era ouvido:

- O que foi isso?!

Paramos de andar no mesmo instante. Olhamo-nos rapidamente e depois movíamos nossos olhos para frente, com o susto tomado. Outra voz era escutada, desta vez fazendo uma pergunta para a primeira. Uma terceira se envolvera na conversa gritada, dizendo que um disparo havia vindo "daquela direção". Nosso sangue gelou nesse minuto, paramos de respirar por alguns segundos, até pensamos em dar meia-volta, mas era tarde demais. Vi três sombras se aproximarem, três digimons, aparentemente, e o trio continuara conversando e chamando quem quer que tenha jogado a esfera. Nesse caso, nós. A fumaça abaixara conforme os digimons caminhavam para frente, facilitando um reconhecimento, ou não.

- Ora, ora, ora. O que temos aqui. - Disse o primeiro digimon, cerrando os punhos, ou garras, e batendo um no outro.

- Nossa, pensei que era algo sinistramente sinistro, mas são só vocês.

- "Só vocês"? Como assim? Somos o Trio Negro da Floresta da Morte! - Exclamou o digimon do meio, o mais confiante de todos.

- E desde quando isso é grande coisa? Cá entre nós, BlackGuilmon, vocês só são três meros ladrãozinhos baratos, trombadinhas, que vivem de levar um pequeno desconforto, e até graça, devido a vocação de vocês para serem palhaços, aos moradores de algumas vilas e cidades. - Lembro-me de ter olhado, juntamente de WereGarurumon, para o pequeno digimon demônio, que esculachara os três digimons negros.

- Seu... bom, acho que você está completamente por fora da nossa situação. - O último digimon, semelhante à um Gabumon negro, tentara avançar contra Impmon, mas era parado por BlackGuilmon, que pusera seu braço na frente de seu companheiro.

- Destrua esses infelizes, WereGaruru... - Era interrompido pelo digimon lobisomem.

- Não. Deixe que Impmon cuide deles. Pelo que estamos vendo, essa briga não é nossa.

- Três contra um? Não é meio injusto? - Os digimons ficavam me olhando, juntamente do digimon lobo.

Era interrompido, novamente, porém desta vez eram outras duas vozes. Os donos das vozes rapidamente apareciam no lugar: eram dois garotos. Não eram hologramas, logicamente, eram de carne e osso. Ambos acompanhados de digimons, três no total, em que um deles estava com um dos garotos e os outros dois com o outro. As atenções, obviamente, se davam para os meninos e para suas ações, que se seguiam com eles dirigindo-se ao lado esquerdo, chamando os três digimons e encarando-os. Possivelmente eles haviam aprontado alguma com aqueles dois, mas o que importava é que eu não era o único no Digimundo.

Não era a hora de apresentações, pois os dois garotos renderam BlackGabumon e BlackAgumon, alegando que os mesmos roubaram seus Xros Loaders e que não sairiam vivos tão cedo se não devolvessem. Enquanto isso, BlackGuilmon dizia que tinha algumas contas a acertar com Impmon e que, além disto, devia algumas desculpas à ele e seus comparsas. Impmon, discordando do afirmado pelo digimon réptil, respondeu que, simplesmente, não tinha do que se desculpar e que disse apenas a verdade sobre o trio trombadinha. Sem mais delongas, o combate se iniciava com uma tentativa de soco de BlackGuilmon, mas que era facilmente esquivada por Impmon.

Impmon devolveria o suposto golpe de BlackGuilmon com seu Machine Gun Kick, desferindo diversos chutes seguidos, utilizando de suas pequenas pernas, contra o digimon réptil, mas o mesmo desviava de todos os golpes sutilmente. Em seguida, tentara atingir Impmon com seu Fire Grenade, porque uma investida da distância em que ele estava facilitaria uma esquiva de Impmon, disparando uma bala de chama negra que, ao entrar em contato com o digimon travesso, explodiria e lançaria-o longe.

A árvore em que o pequeno digimon demônio atingia era fraca e, com o impacto de seu corpo na frágil estrutura, se quebrava e fazia Impmon arrastar suas costas na terra coberta por pedras e gravetos, machucando-se. Após levantar-se, o digimon tentara outro ataque. Dessa vez o Night of Fire, atacando BlackGuilmon com diversas e pequenas esferas de chama negra, acertando algumas dessas chamas, mas errando outras, que acertavam algumas árvores ao seu redor.

BlackGuilmon balançava sua cabeça rapidamente, de um lado para o outro, como um cachorro secando-se após se molhar, depois de levar o golpe. Logo depois, este mesmo digimon dava um grande salto, erguendo suas garras, entrelaçando-as e depois, movimentando seu corpo para baixo e pegando impulso, o digimon réptil atingia o chão com força total, fazendo uma grande fissura e provocando um pequeno tremor em todo o local, atrapalhando as batalhas vizinhas*. Este era o Rock Crusher. Impmon, como ainda não estava tão perto de BlackGuilmon, conseguia escapar da fenda aberta pelo digimon negro, mas o tremor fazia com que se desequilibrasse e sucumbisse na terra de onde acabara de se levantar.

Vagarosamente, o digimon travesso se levantara, ainda um pouco tonto pelo baque, e, posteriormente, utilizara de seu Night of Blizzard, provocando uma grande nevasca feita de trevas contra seu oponente. Este último, sem chance de escapatória, já que ainda estava absorvendo os efeitos de seu ataque anterior, e era atingido pelo movimento de Impmon, sendo jogado longe. Aproveitando isto, o digimon travesso rapidamente se aproximou de seu rival e, com o Summon, invocara os elementos do fogo e do gelo, juntando ambos, atirando uma imensa esfera dos dois elementos contra o digimon réptil, acertando-o em cheio.

Sem muitas escolhas, BlackGuilmon procurava se levantar o mais rápido o possível, para não ser atingido por outro golpe. Assim sendo, com um salto, o digimon réptil atacara com o Fire Grenade, ainda no ar, disparado uma grande bala de chamas negras contra Impmon, que desviara do ataque com um tipo de "cambalhota" para o lado. Ao fixar as patas no chão, BlackGuilmon soltava um sorriso amarelo para o digimon, avançando violentamente com suas garras afiadas como navalhas, visando atingir seu alvo com o Rock Crusher.

O grande salto de BlackGuilmon bem na frente de Impmon não fora o bastante para intimidá-lo. Pelo contrário. Com isto, o digimon levantava sua cabeça e, mirando cirurgicamente e velozmente seu oponente, estendia suas mãos, usando o Pillar of Fire, criando uma grande parede flamejante bem debaixo de BlackGuilmon. Escolha errada do pequeno digimon. Eu até poderia corrigi-lo, dizendo qual era o melhor caminho de tanto observar os movimentos de BlackGuilmon e dele mesmo, mas queria ver ele aprender com seus erros. Já sabia que ele ganharia a batalha, mas ainda não sabia como.

Na descida de BlackGuilmon, este último acabara por se chocar contra a ponta de cima do paredão, mas quebrava-o facilmente com suas garras cruzadas, atingindo o chão novamente e causando a mesma fissura e o mesmo tremor de antes. Impmon afundara naquela fissura, mas o mesmo fincara sua pata no pedaço de terra mais próximo à ele, ficando a três dedos da destruição. Aproveitando desta situação, BlackGuilmon aproximara-se de Impmon e observara o mesmo suspenso no ar. Então, com sua pata, pisara nos dedos do digimon, tentando fazê-lo cair na fenda.

Seus dedos eram esmagados com toda a força, enquanto BlackGuilmon esfregava sua pata em cima deles. O primeiro soltara-se, já dificultando para Impmon continuar segurando o pedaço de terra. Em seguida, seu segundo dedo se soltara, ficando a apenas um de sucumbir ao breu total. No terceiro, o digimon demônio pensava rápido e, com sua outra mão, agarrara o pé, que BlackGuilmon utilizara para chutar sua mão esquerda, e puxava o digimon réptil para baixo, pegando impulso e se jogando para cima. Movimento de classe, maestral, que definia a batalha como "emocionante". Impmon, então, levantou-se ofegante, estendo seus braços e dizendo que vencera o combate.
*: Se quiserem utilizar isso na batalha, pode ser.

Ver perfil do usuário http://digimonxadventures.forumeiros.com

3 Re: [Treinos] Darks em Sab Nov 01, 2014 5:14 pm

Cancelado pelo excesso de tempo


_________________
Spoiler:

Spoiler:

Spoiler:
Ver perfil do usuário http://redrenger.omeuforum.net/

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum